Página Inicial

Menu de Ajuda

Menu Principal

Detalhe da UFCD

6866 - Técnicas de compostagem
(*) Em Vigor
Designação da UFCD:
Técnicas de compostagem
Código:
6866
Carga Horária:
25 horas
Pontos de crédito:
2,25
Objetivos

  • Identificar as técnicas de compostagem.
  • Reconhecer a aptidão de diferentes materiais de compostagem.
  • Identificar os principais fatores biológicos, físicos e químicos que condicionam o processo de compostagem.
  • Executar as diferentes operações de maneio de pilhas de compostagem.
  • Aplicar as técnicas de compostagem que valorizem agronomicamente os chorumes e os outros materiais biodegradáveis da exploração.
  • Operar com as máquinas e os equipamentos necessários ao processo de compostagem.
Recursos Didáticos

Conteúdos

  • Compostagem
    • Definição, objetivo e importância
  • Aptidão dos materiais para compostar
    • Materiais ricos em carbono e azoto
    • Caracterização de materiais mais frequentes e dimensão das partículas
    • Mistura dos materiais – uso de fórmula para cálculo da relação Carbono/Azoto
  • Importância da humidade no processo de compostagem
    • Necessidade de compensar a água que se perde durante o processo
    • Uso de fórmula de cálculo para determinar o teor em humidade
  • Local e volume da pilha de compostagem
    • Importância dos fatores sol, vento, precipitação, da forma e tamanho da pilha
  • Sistemas de compostagem
    • Compostagem industrial e doméstica
    • Equipamentos disponíveis para as operações de compostagem
  • Sistemas para a preparação do composto
    • Pilhas longas (Windrow) com volteio
    • Pilhas estáticas arejadas com volteio e estáticas com arejamento forçado
  • Importância dos fatores biológicos
    • Atividade dos diversos microrganismos que predominam em fases diferentes da compostagem
      • - Bactérias - termofilas, mesofilas, actinomicetas, leveduras e fungos
    • Importância dos fatores arejamento, rega, açúcares disponíveis e pH no crescimento e na proliferação dos microrganismos
  • Importância dos fatores físicos
    • Temperatura, teor de humidade e arejamento
    • “Teste esponja”
    • Odores libertados
  • Importância dos fatores químicos
    • Carbono, azoto e outros nutrientes
    • Variação com a atividade biológica
  • Qualidade do composto
    • Quantidade do composto e redução do peso e volume
  • Métodos para avaliação da maturação
    • Expeditos, ensaios químicos e biológicos e testes de fitotoxicidade
  • Utilização do composto
    • Avaliação do composto
      • - Características físicas, químicas e biológicas
    • Aplicação ao solo agrícola
  • Boas práticas de higiene, saúde e segurança agrícola
Referenciais de Formação

Histórico de Alterações

(*) 2011-02-22   Criação de UFCD.