Página Inicial

Menu de Ajuda

Menu Principal

Detalhe da UFCD

10271 - Técnicas de combate a incêndios e de primeiros socorros, e segurança pessoal
(*) Em Vigor
Designação da UFCD:
Técnicas de combate a incêndios e de primeiros socorros, e segurança pessoal
Código:
10271
Carga Horária:
50 horas
Pontos de crédito:
4,50
Objetivos

  • Manter um estado de prontidão para responder a situações de emergência que envolvam fogo.
  • Atuar ao deparar-se com um acidente ou outra emergência médica a bordo.
  • Reconhecer medidas para evitar a poluição do meio marinho.
  • Reconhecer as regras de segurança no trabalho.
  • Assegurar comunicações eficientes a bordo do navio e um efetivo relacionamento a bordo.
  • Assegurar as ações necessárias para controlar a fadiga.
Recursos Didáticos

Conteúdos

  • Prevenção e combate a incêndios
    • Introdução, segurança e princípios
    • Minimização do risco de incêndio a bordo
      • - Elementos do fogo e explosão (triângulo do fogo)
      • - Tipos e fontes de ignição
      • - Materiais inflamáveis frequentemente encontrados a bordo
      • - Necessidade de uma vigilância constante
      • - Riscos de incêndio
    • Manutenção de um estado de prontidão para responder a situações de emergência que envolvam fogo
      • - Organização de combate a incêndios a bordo
      • - Localização de equipamentos de combate a incêndios e percursos de evacuação
      • - Propagação do fogo em diferentes partes do navio
      • - Sistemas de deteção de fogo e fumo a bordo, e sistemas automáticos de alarme
      • - Classes de fogos e agentes extintores aplicáveis
    • Combate e extinção de incêndios
      • - Seleção de aparelhos e equipamentos de combate a incêndios
      • - Precauções e uso de instalações fixas
      • - Uso de aparelhos de respiração para combate a incêndios
      • - Uso de aparelhos de respiração para efetuar resgates
  • Primeiros socorros básicos
    • Tomada de ação imediata ao deparar-se com um acidente ou outra emergência médica a bordo
      • - Princípios gerais do socorrismo
      • - Funções e estrutura do corpo humano
      • - Posicionamento da vítima
      • - Vítimas inconscientes
      • - Alterações cardiorrespiratórias
      • - Estado de choque
      • - Hemorragias
      • - Envenenamento
      • - Queimaduras e acidentes provocados por eletricidade
      • - Pensos, ligaduras e talas
      • - Afogamento
      • - Resgate e transporte da vítima
  • Segurança pessoal e responsabilidades sociais
    • Introdução
      • - Familiarização com o navio
    • Atuação de acordo com os procedimentos de emergência em vigor
      • - Tipos de emergência que podem ocorrer, tais como colisão, fogo, naufrágio
      • - Planos de contingência para resposta a emergências que ocorram a bordo
      • - Sinais de emergência e funções específicas atribuídas aos membros da tripulação na lista de chamada (Rol de Chamada). Estações de reunião. Uso correto do equipamento individual de salvamento
      • - Ações a executar após identificação das possíveis emergências, incluindo fogo, colisão, encalhe, naufrágio, homem ao mar e água aberta
      • - Ações a executar após a audição dos sinais de alarme
      • - Importância do treino e dos exercícios
      • - Percursos de evacuação e dos sistemas de comunicações e de alarme de bordo
    • Tomada de precauções para evitar a poluição do meio marinho
      • - Impacto do transporte marítimo no meio marinho e os efeitos da poluição acidental ou operacional
      • - Procedimentos básicos de proteção ambiental
      • - Complexidade e diversidade do ambiente marinho
    • Observação das regras de segurança no trabalho
      • - Importância de aderir a boas práticas de segurança no trabalho em todos os momentos
      • - Dispositivos de segurança e proteção existentes a bordo
      • - Precauções a tomar antes da entrada em espaços confinados
      • - Familiarização com as medidas nacionais e internacionais relativos à segurança e higiene no trabalho
    • Contribuição para as comunicações eficientes a bordo do navio
      • - Princípios e barreiras para uma comunicação eficaz entre os indivíduos e as equipas a bordo do navio
      • - Estabelecimento de comunicações efetivas e compreensão inequívoca de ordens
    • Contribuição para um efetivo relacionamento a bordo
      • - Importância de manter um bom relacionamento humano e de trabalho a bordo
      • - Princípios básicos de trabalho em equipa e prática, incluindo resolução de conflitos
      • - Responsabilidades sociais; condições de trabalho; direitos e obrigações individuais; perigos do abuso de álcool e de drogas
    • Ações necessárias para controlar a fadiga
      • - Importância de ter o necessário descanso a bordo
      • - Efeitos do sono, horários e ritmos circadianos na fadiga
      • - Efeitos do stress físico nos marítimos
      • - Efeitos das mudanças de horários na fadiga dos marítimos
      • - Efeitos do stress ambiental dentro e fora do navio e o seu impacto nos marítimos
Referenciais de Formação

Histórico de Alterações

(*) 2019-06-08   Criação de UFCD.