Página Inicial

Menu de Ajuda

Menu Principal

Detalhe da UFCD

10007 - O motosserrista e a exploração florestal
(*) Em Vigor
Designação da UFCD:
O motosserrista e a exploração florestal
Código:
10007
Carga Horária:
25 horas
Pontos de crédito:
2,25
Objetivos

  • Identificar as operações, caracterizar os principais sistemas da exploração florestal e enquadrar os diferentes intervenientes nas fases do processo.
  • Identificar os fatores que condicionam e influenciam a produtividade das operações e o aproveitamento dos produtos florestais.
  • Reconhecer a importância do planeamento das operações na organização e rendimento do trabalho, na produtividade e custos das operações, na segurança, na proteção do ambiente e na otimização dos recursos.
  • Enquadrar o trabalho do motosserrista na atividade da exploração florestal.
Recursos Didáticos

Conteúdos

  • A exploração florestal
    • Conceito
    • As Operações
      • - Caracterização e objetivos
      • - Fatores que condicionam e influenciam a produtividade das operações
    • Os intervenientes e o seu papel no âmbito da exploração florestal
    • Importância da articulação entre intervenientes e fases do processo operacional nos resultados
    • Máquinas, equipamentos e veículos
    • Fatores condicionantes
  • Sistemas de Exploração Florestal
    • Fatores que caracterizam os sistemas de exploração florestal
    • Exemplo de alguns sistemas de exploração florestal. Análise comparativa.
  • Planeamento Operacional da Exploração Florestal
    • Objetivos
    • O Plano de Exploração. Enquadramento no Modelo de Exploração do Plano de Gestão Florestal (PGF)
    • Aspetos a considerar
      • - Localização e delimitação da área a intervir
      • - Localização de zonas sensíveis ou de proteção a preservar
      • - Classificação do tipo de solos, sua resistência à deformação e erosão, acidentado e declive do terreno
      • - Localização das linhas de água
      • - Características do povoamento- composição, espécies, densidade, volume, idade, matos
      • - Tipo de corte a realizar
      • - Especificações dos produtos a obter
      • - Utilização futura da área a corte
      • - Sistema de exploração a utilizar
      • - Método de abate. Início e direção de abate.
      • - Circuitos de rechega
      • - Trilhos de extração
      • - Localização e dimensionamento dos carregadouros
      • - Direções e progressão dos trabalhos
      • - Afetação de equipamentos e mão-de-obra
      • - Custos das operações
      • - Planificação temporal das operações
      • - Possíveis impactes ambientais
      • - Condicionantes silvícolas, ambientais e outras. Legislação e regulamentação aplicável
      • - Normas de segurança e boas práticas
  • O acompanhamento do corte pelo motosserrista
    • Organização e instruções de trabalho relativas às operações de abate e processamento de arvoredo
    • Procedimentos de segurança, de proteção ambiental e boas práticas na realização das operações
    • Métodos e técnicas de trabalho adequados a cada situação
    • Progressão dos trabalhos e articulação com as operações de rechega/extração
    • Registo de dados da atividade e da exploração.
  • Enquadramento legal e regulamentar em vigor
Referenciais de Formação

Histórico de Alterações

(*) 2018-12-29   Criação de UFCD.